Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Perda de audição é doença profissional mais comum na Europa

Perda de audição é doença profissional mais comum na Europa

Trabalhadores de call centers e escritórios são dos grupos mais expostos ao ruído dissimulado

A perda de audição induzida pelo ruído é, de acordo com a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (OSHA), a doença profissional mais comum nos países europeus, representando cerca de um terço do total de doenças relacionadas com a atividade profissional, à frente dos problemas de pele e respiratórios.

A perda de audição induzida por uma exposição excessiva a ruído é definitiva e irreversível. Esta situação é particularmente alarmante se considerarmos que cada vez mais jovens, e jovens trabalhadores, são expostos a elevados níveis de ruído de forma regular. O ruído tem-se revelado um problema em diversos ambientes de trabalho no setor dos serviços como, por exemplo, ambientes de escritório e call centers.

Este tipo de ambientes, aparentemente inofensivos para a saúde auditiva, estão a revelar-se bastante problemáticos e o número de casos de problemas auditivos registados têm vindo a aumentar.

De acordo com a OSHA, um em cada cinco trabalhadores europeus tem de levantar a voz para ser ouvido em pelo menos metade das vezes em que estão a trabalhar e 7% sofre de dificuldades auditivas relacionadas com o trabalho que exercem.

Segundo dados divulgados recentemente pela QUERCUS, é no período diurno que os portugueses mais se encontram expostos a ruído. E, de acordo com a Direção Geral do Ambiente, mais de 60% da população portuguesa vive exposta a níveis de ruído acima dos recomendados pela OMS.

02-Apr-2013 às 12:15,

Escreva um comentário

SEMINÁRIOS: Marketing, Comunicação, Inovação e Gestão de Talento SEMINÁRIOS: Marketing, Comunicação, Inovação e Gestão de Talento

PARTICIPAÇÃO GRATUITA - 4 e 5 de Julho, organizado pela AEBA, na Trofa.

Continuar a ler »