Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Liga: FC do Porto vence o Nacional (3-1), e atinge as 18 vitórias consecutivas

Liga: FC do Porto vence o Nacional (3-1), e atinge as 18 vitórias consecutivas

Foi uma noite favorável para o FC do Porto que aproveitou o deslize do Sporting em Tondela e assim reforçou a liderança perante o seu próximo adversário, entrando na próxima semana em Alvalade com 8 pontos de vantagem.

Apesar do jogo às 21.15h de uma noite fria de Janeiro, os adeptos da casa não deixaram de marcar presença enchendo quase por completo o estádio. Para além da hipótese de reforço de liderança o FC do Porto tinha a oportunidade de chegar à sua 18ª vitória consecutiva, marco só atingido até aí pelo antigo treinador do rival, Jorge Jesus.

Apesar do frio o jogo começou lento de parte a parte, sem grandes proximidades às balizas, no entanto a partir dos 25 minutos o Porto começou a acelerar, claramente com mais posse que acabaria por ser evidente com o primeiro golo obtido aos 31 por Brahimi, a assistência de Maxi. Apesar da vantagem o FC do Porto manteve o ritmo e passados 7 minutos os adeptos puderam deliciar-se com os dribles estonteantes de Corona na extrema direita, centrando para a área onde em esforço apareceu Soares a rematar de cabeça ampliando a vantagem, que seria de pouca dura pois no minuto seguinte o Nacional reduziria através de Bryan Róchez numa jogada confusa dentro da área.

O segundo tempo praticamente começou com uma infelicidade do defesa central do Nacional, Lazar Rosic que chocou com o guardião da própria equipa e ficou inanimado no relvado obrigando à sua retirada de ambulância, com prognóstico certamente muito reservado. Nas bancadas, e numa atitude de desportivismo, aplaudiu-se em uníssono a sua partida desejando-se que recupere rápido e sem sequelas.

Foi notória a preocupação dos jogadores de ambas as equipas perante o azar de um dos seus, mas o jogo teria que continuar e passado poucos minutos o FC do Porto chegaria ao 3-1 final, novamente por Brahimi, a passe do esta noite endiabrado Corona.

A partir daí percebeu-se que os Dragões entraram em fase de gestão de tempo e resultado, o Nacional ainda chegou algumas vezes à baliza de Casillas, chegando a ter duas boas oportunidades, mas percebia-se que o resultado estaria seguro para os da casa e pouco ou nada poderiam fazer para chegar, pelo menos ao empate.

Com este resultado o FC do Porto chega aos 42 pontos seguido pelo Braga com menos 6, o Benfica com menos 7 e o Sporting, agora a 8 pontos.

 

 

 

 

 

Imagens

07-Jan-2019 às 22:57, Francisco Bacelar

Escreva um comentário