Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



LIGA: Boavista não resiste a um Porto pouco produtivo, mas eficaz

LIGA: Boavista não resiste a um Porto pouco produtivo, mas eficaz

O FC do Porto começou praticamente a ganhar com um golo de Felipe a desviar de cabeça um centro teleguiado, ainda antes do segundo minuto de jogo, resultado ampliado apenas na segunda parte através de Herrera.

Após a derrota em Paços Ferreira, a primeira na prova para os pupilos de Sérgio Conceição, os Dragões tinham pela frente um derby perante um Boavista normalmente aguerrido neste tipo de jogos. Contudo com um golo nos instantes iniciais o FC do Porto começou cedo a construir a vitória e a conquista dos 3 pontos. No entanto quer essa vantagem madrugadora, quer o aumentar da vantagem na segunda metade a passe do guardião Boavisteiro que deixou  Herrera praticamente isolado, não provam um domínio dos Dragões, uma vez que o Boavista subiu muitas vezes, chegando perto da baliza de Casillas e criando algumas oportunidades que se acontecem poderiam ditar outro resultado, ou pelo menos criar dificuldades acrescidas ou até inultrapassáveis à equipa da casa.

De facto há um notório abrandamento de ataque desta equipa portista, talvez devido às lesões e excesso de jogos, mas que lhe podem criar problemas, especialmente agora que deixou aproximar o seu perseguidor, para uma distância que ao mínimo deslize pode ser fatal.

O treinador boavisteiro, Jorge Simão, afirmou que para pontuar só faltou marcar golos, perante um Porto que nunca sentiu confortável, estável e a dominar como lhe é habitual. Não tirou mérito ao Porto, mas realçou o mérito das dificuldades que a sua equipa criou ao FC do Porto.

Por sua vez Sérgio Conceição disparou: “Sabíamos que íamos defrontar uma equipa difícil, e foi isso que aconteceu, mas vencemos e justificamos a vitória. A paragem na liga é importante apesar de alguns dos nossos jogadores terem pela frente viagens até para a China. Vamos aproveitar para melhorar algumas situações, estamos atentos a tudo, e sinceramente vem na melhor altura esta pausa.”

Imagens

17-Mar-2018 às 23:26, Francisco Bacelar

Escreva um comentário