Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Taça de Portugal: Sporting sai derrotado do Dragão (1-0)

Taça de Portugal: Sporting sai derrotado do Dragão (1-0)

Terceiro jogo entre Porto e Sporting, depois de dois embates sem golos e com grande equilíbrio tático que haveria de ser desfeito esta noite, a favor do FC do Porto, mas apenas pela diferença mínima, num ombro a ombro que tarda em ser defeito.

À terceira partida de clássico, 4 horas de jogo ou 240 minutos, finalmente alguém desfez o empate, precisamente Tiquinho Soares que também havia marcado em Braga, visto o golo anulado por pretenso fora de jogo, substituído por Sérgio Conceição e apontado para sair ainda antes do fim de janeiro, que assim se reconciliou com a equipa, com o seu público e certamente com o seu treinador que apesar de tudo apostou nele.

Na contabilidade de confronto entre FC do Porto e Sporting, registavam-se à entrada para o jogo desta noite 7 oportunidades de golo para os anfitriões contra 2 do Sporting, que subiram esta noite para 13/5 no final da partida, sendo que o Porto só marcou à sua décima primeira oportunidade.

Assistimos aos três jogos entre estes contendores, e todos eles foram excelentes, mas se tivéssemos que destacar certamente o desta noite seria a escolha. De facto, foi mais uma noite de boa propaganda para a modalidade, mostrando que apesar dos casos e mais casos do futebol português, e já haver quem lhe faça o funeral, este ainda terá muito a dar fazendo vibrar as bancadas e os telespetadores com emoção a rodos, classe dos jogadores em campo e mestria dos treinadores na colocação das peças de tal forma que quase se anulam.

Em resumo o Porto começou melhor e foi mais forte na primeira parte, entrou na segunda com mais velocidade ainda, conseguiu marcar aos 60 minutos com Tiquinho a responder de cabeça a um centro de Sérgio Oliveira (em grande forma), colocando a bola no canto superior direito da baliza de Patrício de forma indefensável.

Após o golo Porto ainda se manteve algum tempo na procura do segundo, mas o Sporting que se foi adiantando no terreno, chegando à baliza de Casillas, que esta noite fez o jogo 100 pelos Dragões. Lentamente começou a criar perigo, tendo inclusive tido duas boas oportunidades para marcar nesse período. Não conseguia, e o Porto por outro lado partia sempre muito rápido para o contra ataque em que pontificava Marega, algo tosco, é certo, mas com coração, força e velocidade que iam pondo em sentido a defesa lisboeta.

Com este resultado, o Porto está em vantagem, mínima,. ao intervalo da eliminatória da Taça de Portugal, aguardando pelo segundo jogo a realizar em Alvalade, em abril, para discutir o acesso à final do Jamor.

Para Jorge Jesus o Sporting teve várias chances e não fez golo, também “foi seguro em termos defensivos, mas acho que este jogo devia ter mais golos, principal na segunda parte, pois foi o melhor jogo que já disputamos com o Porto. Para mim o jogo devia ser 2 a 2 ou 3 a 3, pois o Sporting não merecia sair daqui derrotado.”

Por seu lado, Sérgio Conceição, defendeu que sai mas satisfeito o Sporting “com este resultado com Patrício a querer quebrar o nosso ritmo. Não me surpreendeu em nada como vieram jogar, já sabia que vinham com 2+1 centrais, tentando condicionar o nosso jogo, mas não fomos surpreendidos, e criamos 3 oportunidades claras na primeira parte. Posso dizer que em termos de oportunidades até demos uma goleada, mas no geral foi um bom jogo onde fomos superiores, mas a eficácia é necessária para ser muito superior. O resultado é curto para aquilo que se passou no campo, e por isso sai mais satisfeito o Sporting com o resultado. Quanto ao Soares, ele é que ganhou a minha confiança. Eu quando fui jogador também tive momentos que me arrependo, ele sabe isso, os jogadores sabem disso. Sobre a eliminatória temos outros 90 minutos para disputar, merecemos ganhar, ganhamos, e amanhã já estamos a pensar no jogo com o Chaves.

Imagens

07-Feb-2018 às 23:37, Francisco Bacelar

Escreva um comentário

Taça de Portugal: Sporting na final do Jamor frente ao Aves Taça de Portugal: Sporting na final do Jamor frente ao Aves

Foi um final de tarde e noite de meias finais de taça. No primeiro jogo o Aves venceu o Caldas no prolongamento. Em Alvalade o prolongamento não foi suficiente e nas grandes penalidades, mais uma vez o Sporting levou de vencida os Dragões numa meia

Continuar a ler »