Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Câmara da Maia dá continuidade ao Programa Municipal de Saúde Sénior 60+

Câmara da Maia dá continuidade ao Programa Municipal de Saúde Sénior 60+

No passado dia 16 de novembro, decorreu na Sala D. Pedro IV, nos Paços do Concelho, a Cerimónia Protocolar do Programa Municipal de Saúde Sénior 60+.

O projeto, iniciado em 2014/2015 tem tido cada vez mais adesão. Subiram de 102 para 323 os idosos trabalhados no ano letivo passado. São 400 os inscritos para 2017/2018.

Presentes na cerimónia estiveram os representantes das Instituições Públicas e Solidárias, entre os quais o Centro Social e Paroquial de Águas Santas, a Junta de Freguesia de S. Pedro Fins (Centro de Dia), a Santa Casa da Misericórdia da Maia, o Lar Prof. Dr. José Vieira de Carvalho, o Centro Comunitário de Vila Nova da Telha, o Centro de Dia de Crestins, Centro de Dia de Avioso, o Lar de Santo António – Associação das Obras Sociais S. Vicente de Paulo, O Amanhã da Criança – Associação de Solidariedade Social, o ASMAN, o Centro Social e Paroquial da Maia – Lar de Nazaré, bem como as instituições parceiras, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, Escola Superior de Saúde de Santa Maria, ISMAI - Instituto Universitário da Maia e Universidade Fernando Pessoa, para assinarem o Protocolo de Cooperação para o novo ano letivo 2017/2018.

A Maia é um Município com 135.924 habitantes, dos quais 20.108 têm sessenta e cinco ou mais anos de idade, sendo 8.689 do género masculino e 11.419 do género feminino, representando, no total, cerca de 14.79% da população residente (INE, junho 2014).

Neste sentido, a Câmara Municipal da Maia tem vindo a promover, desde a década de 90, um conjunto de atividades especialmente dirigidas à população idosa residente no concelho, abrangendo áreas tão diversificadas como o lazer, a cultura, a atividade física e desportiva, o encontro entre gerações, no claro objetivo de promover o envelhecimento ativo e saudável, quer individual quer coletivo e de combater o isolamento e a solidão.

 Todas as atividades promovidas pela Câmara Municipal da Maia não se limitam a um conjunto de ações limitadas no tempo, antes constituindo-se como respostas permanentes às necessidades específicas de uma população, fator preponderante para que, a 16 de janeiro de 2013, em cerimónia ocorrida na Sede da Organização Mundial de Saúde, em Genève, na Suíça, o município da Maia integrasse a Rede Mundial das Cidades Amigas das Pessoas Idosas.

 «Temos vindo, desde o primeiro ano, a alargar o programa, com o objetivo de ir cobrindo, não só todo o concelho, mas chegar a todas as instituições sociais que desenvolvem respostas para a população sénior», disse Ana Miguel Vieira de Carvalho, vereadora com o pelouro da Ação Social da Câmara Municipal da Maia, acrescentando que «o objetivo deste programa é, naturalmente, a promoção do envelhecimento ativo dos nossos séniores e o nosso objetivo é apostar no seu bem-estar e na sua felicidade».

Durante todo o ano letivo serão trabalhadas áreas como a saúde oral, a educação alimentar, a psicologia e a prevenção e cidadania.  A autarquia oferece ainda atividades a serem trabalhadas pelos séniores como Música 60+, Exposição de Fotografia 60+ e Desafio Pedómetro 60+, que serão atividades comuns a todas as instituições públicas e solidárias, e ainda a possibilidade de trabalhar em áreas como Workshop de culinária FCNAUP 60+, Concurso Master Chef 60+, Treino Cognitivo 60+, Terapia com Animais 60+, Pintura em Tela 60+, Promoção da Escovagem dos Dentes 60+, Prevenção Rodoviária 60+, Primeiros Socorros e Risco de Queda 60+, City Tour 60+, Refeições Intergeracionais 60+ e Estórias 60+. A atividade Encontro de Gerações 60+ é ainda um projeto piloto e será abraçado pela Casa de Milheirós, ao encargo da Santa Casa da Misericórdia, e com uma escola de 1º ciclo do Ensino Básico da zona envolvente.

Para o presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, «na sua visão estratégica de futuro, a Câmara Municipal respeita e valoriza o estatuto da população sénior do concelho, procurando através do Programa Saúde Sénior 60+ promover o envelhecimento ativo numa vida que seja completa e saudável em todas as dimensões humanas e sociais». Quanto ao programa, o presidente disse estar certo de que «será um sucesso». 

24-Nov-2017 às 12:20, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário

Saber como agir com crianças ao cuidado Saber como agir com crianças ao cuidado

"Primeiros Socorros na Primeira Infância"

Continuar a ler »