Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Livro sobre os “emails” apresentado com o título “O Polvo Encarnado”

Livro sobre os “emails” apresentado com o título “O Polvo Encarnado”

Francisco J Marques, diretor de comunicação do FC do Porto e Diogo Faria, comentador do programa Universo Porto do Porto Canal, apresentaram hoje à imprensa um livro escrito em coautoria sobre os polémicos emails que têm vindo a denunciar nesse pro

Com o subtítulo “Os esquemas, manipulações e compadrios que viciam o futebol português”, e dividido em oito capítulos, os autores relatam várias séries de acontecimentos que alegadamente são encontrados nos emails a que tiveram acesso, procurando assim encontrar justificação para os mais recentes êxitos do Benfica, através de métodos à margem da lei, numa teia de cumplicidades com esse fim.

Se as revelações feitas desde junho passado no programa do Porto Canal têm sido polémicas, as contidas agora no livro, ao irem mais fundo, prometem muito mais ainda, como o exemplo que transcrevemos: “O tetracampeonato do Benfica é uma mentira. Esta é a conclusão a que chega qualquer analista da Liga Portuguesa que se esforce por olhar com alguma objetividade para os últimos quatro anos. Trata-se de uma mentira global (….) O Benfica beneficiou, ao longo das últimas épocas, de uma quantidade absurda de situações anómalas, que incrementaram os seus resultados e diminuíram os dos seus adversários. Sem esse suporte, o clube da Luz teria sido incapaz de ganhar, pelo menos, dois desses quatro títulos. (…)”

No final, num capítulo denominado “O universo do polvo encarnado”, mencionam, um por um, todos os intervenientes do dito “molusco”, onde para além dos nomes ligados ao futebol e ao Benfica surgem nomes da política como Durão Barroso, António Costa e, claro, Rui Gomes da Silva, referindo a sua intervenção, maior ou menor, com o intuito de ajudar o clube da Luz.

Referido como o centro executivo de todos esses alegados processos, aparece o assessor jurídico do Benfica, Paulo Gonçalves de quem dizem: “De acordo com o emails que têm sido revelados pelo Porto Canal e pelo Expresso, é o principal operacional dos encarnados nas estratégias de controlo do futebol português: era ele que combinava com Mário Figueiredo a nomeação de delegados da Liga; era ele que recebia as faturas dos pareceres jurídicos de Ferreira Nunes; era ele que sugeria a Vieira que convidasse Nuno Cabral para a final da Liga Europa de 2014; era a ele que Vieira mandava baixar as notas dos árbitros; era a ele que Adão Mendes recorria para obter favores do Conselho de Arbitragem da FPF, etc. É, provavelmente, o principal cérebro do polvo.”

A concluir os autores afirmam, sem rodeios: “Existe, em Portugal, um regime nacional-benfiquista que se manifesta plenamente nos domínios das instituições do futebol, da arbitragem, da justiça desportiva, da comunicação social e das relações com o poder político.”

Como os pequenos exemplos aqui deixados demonstram, não faltam ingredientes para aquecer ainda mais o clima desportivo no país, desde logo entre os que acusam, e os que são acusados, prometendo este livro ser o rastilho para um incêndio de proporções impossíveis de imaginar por agora. Se lhe juntarmos que os autores até dizem que poderão surgir mais livros…

17-Nov-2017 às 20:04, Francisco Bacelar

Escreva um comentário

Liga dos Campeões: FC do Porto chega aos oitavos vencendo Mónaco por 5-2 Liga dos Campeões: FC do Porto chega aos oitavos vencendo Mónaco por 5-2

Não há fome que não dê em fartura. Após o nulo perante o Benfica, os Dragões encheram a mão com 5 golos perante o campeão francês, e assim garantiram o acesso aos oitavos de final da liga milionária.

Continuar a ler »