Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



LIGA: Dragões vencem por 6-1 o Paços de Ferreira

LIGA: Dragões vencem por 6-1 o Paços de Ferreira

Foi um jogo de ataque do FC do Porto desde o minuto inicial, perante um Paços de Ferreira sem poder ou argumentos para contrariar, apesar de quase começar em desvantagem e ter chegado ao empate logo de seguida.

Com Sérgio Conceição a insistir em José Sá como guardião das redes azuis e brancas, o FC do Porto recebeu esta noite o Paços de Ferreira, procurando a sua oitava vitória em nove possíveis, com a exceção no empate a zero em Alvalade.

Depois da derrota na Liga dos Campeões importava saber como reagiriam os Dragões. Não foi preciso muito tempo, pois logo no primeiro minuto já vencia com golo de Ricardo, aproveitando uma bola que lhe ficou à mercê à entrada da pequena área.

Pensavam os adeptos portistas que seriam favas contadas, mas volvidos 6 minutos o Paços de Ferreira subiu e empatou através de Welthon que aproveitou uma perda de bola do meio campo portista, avançou, rematou de longe e bateu o estreante a titular no Dragão, e pelo FC do Porto, o jovem José Sá.

Após o minuto de silêncio pelas vitimas dos incêndios no início da partida, com este golo voltou o silêncio às bancadas. Contudo depressa os Dragões regressaram à pressão e, aos 18 minutos voltaram à vantagem, desta feita por Felipe que dominou e marcou após assistência de Ricardo.

Voltava o ruído às bancadas, que haveria de se ouvir novamente aos 25 minutos, quando Aboubakar envia a Marega, que em posição frontal remata a contar. Talvez porque lhe tenha tomado o gosto, o mesmo Marega, bisou logo aos 33 m, após cruzamento de Ricardo. Era o 4-1, e começava a ficar escrito quem, em condições normais, seria o vencedor da partida, todavia o marcador não se alteraria até final da primeira metade.

Sem alterações para o segundo tempo os comandos de Sérgio Conceição entraram como se não estivessem em vantagem, com grande rapidez a fome de golo. As oportunidades sucediam e em resposta a cruzamento de Corona, Danilo, faz o mais difícil enviando a bola por cima da baliza de Mário Felgueiras, quando iam decorridos 52 minutos. Aos 54 minutos até introduziu a bola, por Felipe, mas seria anulado o golo, por alegada desmarcação de Aboubakar.

Mas de tanto porfiar, aos 65 minutos acabaria por alcançar. À entrada da área Marega quase bateu o guardião Pacense, a bola sobrou para a direita, Corona tomou-a e com a baliza desguarnecida ampliou para a mão cheia de golos.

Tomado o gosto, foi Corona a recuperar uma bola em que novamente Marega quase marca, centrou da direita e ao segundo poste surgiu Aboubakar a desviar para as redes, sem qualquer oposição, fazendo o seu primeiro da noite e o sexto da sua equipa.

A partir daí, sim, o Paços começou a ganhar alguma posse e o FC do Porto a controlar sem veleidades ofensivas consistentes, pelo que o resultado não mais se alteraria, terminando com 6-1 a favor da equipa da casa.

Imagens

21-Oct-2017 às 22:01, Francisco Bacelar

Escreva um comentário

Liga dos Campeões: FC do Porto chega aos oitavos vencendo Mónaco por 5-2 Liga dos Campeões: FC do Porto chega aos oitavos vencendo Mónaco por 5-2

Não há fome que não dê em fartura. Após o nulo perante o Benfica, os Dragões encheram a mão com 5 golos perante o campeão francês, e assim garantiram o acesso aos oitavos de final da liga milionária.

Continuar a ler »