Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



25 de Abril Operário Católico

25 de Abril Operário Católico

Há precisamente dezasseis anos que a 25 de Abril, aproveitando o feriado, se juntam para conviver e recordar os bons tempos da sua juventude, as antigas JOC (Juventude Operária Católica) ou “Jocistas” de Vermoim.

«Em primeiro lugar agradecemos a Deus, o dom da vida e pedimos por todas que já não estão entre nós, mas que fizeram parte deste movimento, celebramos a Eucaristia por estas e outras intenções que em nosso coração possam existir», disseram.
Seguiu-se o convívio e passeio, desta vez a Santo Tirso, Quinta Solar do Burguês, onde foi, com todo o requinte, servido o almoço, até chegar ao momento do baile «para aquelas que ainda, com a graça de Deus, o conseguem fazer», disseram. 
Depois de muita conversa e risos ao lembrar o passado, foi chegada a hora do chá e partilha do bolo com o símbolo deste movimento. Não faltou ainda o bolo de parabéns para a Dona Lourdes que foi no passado presidente deste movimento e que festeja o seu aniversário neste dia «Bem-haja Dona Lourdes que o possamos celebrar consigo por muitos e bons anos».
Para o ano há mais «se Deus quiser».

E já agora, o que foi este movimento e como foi formado?

A Juventude Operária Católica é um movimento da Igreja Católica para jovens entre 14 e 30 anos.
Trata-se de um movimento que foi influenciado pelo humanismo de Jacques Maritain, pelo personalismo social de Emmanuel Mounier pelo evolucionismo progressista do jesuíta Teilhard de Chardin, pela reflexão social dos dogmas de Henri de Lubac (jesuíta), pela teologia dos leigos do dominicano Yves Congar e pela teologia do trabalho de Marie-Dominique Chenu (dominicano).
A JOC tem como missão: "a libertação dos jovens trabalhadores e trabalhadoras; ser testemunha da presença libertadora de Jesus e do projecto de Jesus Cristo no seio da classe operária.
A JOC era parte da Ação Católica e elaborava uma concepção de Fé bem mais voltada para a realidade social do que outras ações no interior da Igreja Católica. Seu propósito era o de ensinar o jovem trabalhador a viver uma vida completa e mais humana e a ser um corpo representativo que defendesse o direito dos operários. Desse modo o integrante da JOC deveria ser um apóstolo no próprio meio operário, construindo sua formação na e pela ação, fundamentada na metodologia do "Ver, Julgar e Agir"
Formado por Joseph Cardjin, nascido em 18 de Novembro de 1882, filho de uma família operária modesta. Ajudando o pai desta criança para pagar os estudos. Aos treze anos pediu aos pais para continuar a estudar, mas como a vida financeira dos pais não permitia este respondeu-lhe que não podia. 
Joseph terá dito ao pai que queria estudar para se tornar padre. O pai logo respondeu-lhe que se era para dar um filho ao Senhor, faria tudo o que pudesse para concretizar o sonho do filho. 
Joseph frequentou o seminário e era excelente aluno. Prestes a ser ordenado o seu pai faleceu. 
Em 1903, fez esta promessa ao Senhor «a minha vida de sacerdote será dedicada à salvação dos trabalhadores». Em 22 de Setembro de 1906 foi ordenado Sacerdote e em 1920, com alguns companheiros sacerdotes formaram este movimento e assim foi espalhado por todo o mundo. Monsenhor Joseph Cardjin foi ordenado Bispo em 1950 e Cardeal em 1965. Faleceu em 24 de Julho de 1967, com a JOC presente em 109 países, estando em curso o processo da sua beatificação.
08-May-2017 às 11:11, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário

Programa Semana Santa 2018 | Paróquia de Vermoim Programa Semana Santa 2018 | Paróquia de Vermoim

Consulte o programa das celebrações pascais para os próximos dias.

Continuar a ler »