Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



A importância da imprensa regional

A importância da imprensa regional

Opinião de António Silva Tiago

Existe em Portugal uma fortíssima implantação da imprensa regional que desde os finais do século XIX tem contribuído de um modo ímpar, para a preservação do património cultural, histórico e social local e regional.
Quantas vezes, investigadores com projetos no âmbito das Ciências Sociais e Humanas, encontram a sua matéria-prima essencial, precisamente nas páginas dos jornais locais e regionais.
Publicados na sua maioria com uma periodicidade semanal ou quinzenal, é nas suas páginas que se vai plasmando o dinamismo da vida das comunidades que aí se informam. Mas é também nessas mesmas páginas que se vai legando para as gerações vindouras, o pulsar da vida social, cultural, desportiva e económica, das comunidades que alimentam de notícias, de crónicas e de informação geral, as centenas e centenas de jornais que são dados à estampa por todo o país.
Na nossa comunidade concelhia, a imprensa regional também tem história e apesar de alguns momentos de intermitência, houve quase sempre maiatos que corajosamente abraçaram projetos desta natureza.
Penso que todos nós, não apenas enquanto maiatos, mas também como cidadãos, nos devemos orgulhar por termos no nosso concelho, uma imprensa regional dinâmica, plural e que reporta bem a vida da comunidade, procurando dar a melhor cobertura às mais diversas áreas de atividade humana e social.
Este jornal, o Maia Hoje, é um dos bons exemplos do dinamismo da imprensa regional, afirmando-se pela qualidade do trabalho que desenvolve, mas também pela forma como se modernizou e se adaptou às novas exigências do público, diversificando os meios e canais de comunicação, disponibilizando os seus conteúdos em diversos suportes e plataformas. Conteúdos de onde se destaca todo o acervo desde a edição número 1 deste jornal, o que configura verdadeiramente um arquivo histórico da nossa modernidade.  
Não tenho dúvidas que os órgãos de comunicação social local e regional, nomeadamente a imprensa, prestam às comunidades em que estão integrados, um serviço que assume autenticamente o caráter de serviço público.


Vice-Presidente da 
Câmara Municipal da Maia
17-Feb-2017 às 10:52, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário